OYoshinori Ono, produtor de Street Fighter 5, disse:

Que nem ele, e nem a Capcom anteciparam a procura de conteúdo singleplayer no jogo de luta.

“Penso que é seguro dizer que subestimamos a popularidade de algumas funcionalidades singleplayer,” disse Ono.

“Disto isso, estamos entusiasmados com os dois modos totalmente novos do singleplayer – história das personagens e sobrevivência – e temos planos para continuar a refinar e expandir essas experiências.”
O Modo Arcade, um dos clássicos de Street Fighter, foi uma das ausências mais notadas no lançamento do jogo, com o prometido modo dedicado à narrativa a ser publicado em junho.

Street Fighter 5 sofreu também com vários problemas nos servidores no lançamento, muitos dos quais já foram corrigidos. Ono acrescentou que é preciso muito esforço para corrigir o problema com os rage-quitting.

“Estamos a fazer um enorme esforço para suavizar os problemas com os servidores e corrigir os problemas como os rage quitters, que estão a afetar a experiência online dos jogadores,” disse.

“Quando conseguirmos implementar todas essas correções que temos planejadas, estou confiante que os fãs desfrutarão muito mais da experiência online.”

Créditos: pt.videogamer